Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for the ‘Noticias’ Category

Mosteiro / Convento de Seiça já tem anteprojeto para preservação – Diário As Beiras de 21-09-2017

Anúncios

Read Full Post »

Diario_Coimbra_15_08_2017
.
Continua a ser uma festa fiel às raízes locais, com identidade e mística muito próprias. Por isso, a 15 de Agosto de cada ano, a feira de Seiça enche-se de feirantes de toda a região e, acima de tudo, de fiéis, que ali continuam a ir em romaria, muitos para pagar as suas promessas. «Não é uma feira como outra qualquer, muita gente vai por Nossa Senhora», disse ao nosso Jornal, o padre Manuel da Silva, que hoje, às 16h00, lá estará pontualmente para a missa, onde os fiéis, não cabendo na pequena capela, se estendem pela zona envolvente. «Se não fosse a grande participação da população, fechava a capela e a feira seria como outra qualquer», frisou o pároco, que salienta a grandiosidade comercial do certame. «É uma feira a nível distrital, com muita participação e os comerciantes garantem que vale». E a parte religiosa «apesar de muito barulho, continua a chamar multidões». A capela (de traçado octogonal, que data de 1600 e substituiu a edificada em 850 pelo Abade João), está aberta todo o dia. No alpendre, uma balança centenária é colocada no exterior, onde as pessoas «ainda hoje pagam as suas promessas em milho ou arroz», sublinha. A balança, com dois pratos em madeira, continua a receber o curioso ritual. Um dos pratos serve para colocar a criança (alvo da promessa) e no outro, o seu peso em cereais.
Leia a notícia completa na edição em papel.

Diário_Coimbra_15_08_2017
http://www.diariocoimbra.pt/noticia/22807

Read Full Post »

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Mulher perde a vida na linha do Oeste em Paião, junto ao Mosteiro de Seiça.

Maria Lucília, 39 anos, casada, residente em Cipreste, Marinha das Ondas (Figueira da Foz), perdeu a vida, ontem, na Linha do Oeste, em Santa Maria de Seiça, Paião.

A mulher foi colhida pelo comboio, cerca das 06H30 (26 Fevereiro 2013), que circulava na direção Figueira da Foz/Louriçal. A vítima encontrava-se a pé e sua viatura estava estacionada a escassos metros do local da morte, junto à capela octogonal de Seiça.

Ao que foi possível apurar, Maria Lucília trabalhava numa empresa da ilha da Morraceira, na Figueira da Foz. Deixa dois filhos órfãos, um deles é menor. Morreu a cerca de três quilómetros de casa. Os restos mortais foram levados para o Gabinete Médico-Legal da Figueira da Foz, para autópsia.

Versão completa na edição impressa Jornal As Beiras de 26 Fevereiro 2013

Mulher perde a vida na linha do Oeste em Paião

Read Full Post »

« Newer Posts